|

Ceia de Natal mais barata e deliciosa

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016



Nutricionista dá dicas para montar uma ceia de Natal elaborada com produtos regionais, frutas da época, vegetais e muita criatividade

Apesar de todas as despesas do final de ano e do cenário pouco favorável da economia brasileira, é possível fazer uma ceia de Natal ao mesmo tempo econômica, charmosa e criativa. Para ajudar no equilíbrio desta equação, a nutricionista Sandra Prudente, professora da Estácio Ponta Negra, selecionou algumas dicas para preparar uma ceia mais barata e saborosa em relação ao cardápio tradicional.

Segundo a professora, o primeiro passo é estabelecer o cardápio que será servido no jantar. Depois disso, é essencial fazer as compras com uma lista detalhada dos ingredientes, para não perder o foco diante das diversas e tentadoras opções que o ambiente do supermercado oferece, especialmente nesta época do ano. 

Apostar nos produtos regionais é uma das dicas que podem proporcionar economia e manter a qualidade e o charme da ceia, como por exemplo, substituir as nozes por castanhas de caju.  “Parece improvável, mas quando se deixa um pouco de lado os ingredientes importados e se investe nos regionais, você pode sim, fazer bonito no jantar em família mais importante do ano e ainda economizar”, afirma a nutricionista.

Para Sandra, definir dois pratos principais, incluindo frutas e vegetais da época e ainda optar por uma sobremesa alternativa, não tira a elegância da ceia. As alternativas ao peru e o pernil, podem ser o lombo paulista ou mesmo o lombo suíno, que saem mais em conta e que, decorados com frutas e folhas, ficam bem apresentados à mesa.

Os acompanhamentos também podem variar sem pesar no bolso, como o arroz colorido, com cenoura e brócolis ou arroz de forno, que leva presunto, mussarela, milho e ervilha. O manjar de coco ou delícia de abacaxi são receitas com frutas bastante comuns na região e que podem levar cor e refrescância à ceia de Natal.

As saladas também devem estar presentes para dar um colorido à mesa, com tomate, azeitonas pretas e manjericão. Outra boa opção é a salada tropical feita com rúcula e manga; ou ainda a salada refrescante, com rabanete, manjericão, alface e tangerina; ou então a salada de legumes finos, com brócolis, couve flor e cenoura refogados.

Para os que não resistem a uma boa farofa, a nutricionista dá duas sugestões: uma com pedaços de linguiça de frango, calabresa ou bacon, ou uma farofa de frutas (banana, uva passa e abacaxi). O segredo, de acordo com Sandra, é usar a criatividade na hora de pensar os pratos que vão deixar sua ceia bem servida, saborosa, charmosa e o que é melhor: mais econômica.