|

Eleição na Câmara Municipal no pique da marchinha “me dá um dinheiro aí”

terça-feira, 6 de dezembro de 2016


A política de Macau é uma lenda viva. Enquanto setores da mídia, ligados ao sistema derrotado na última eleição especula negociações por parte do prefeito eleito, Tulio Lemos para eleição da mesa diretora da Câmara Municipal, por outro lado, as propostas correm frouxas, com direito a ofertas bem salgadas, no lado da oposição.
O Blog foi informado que uma raposa velha andou batendo na porta de um vereador eleito, para primeiro mandato e ofereceu R$ 15 mil para o futuro parlamentar votar em um candidato a presidente, eleito vereador pelo bloco do interino Einstein Barbosa e Zé Antônio Menezes.
E pasmem: se eu conto aqui quem seria o agraciado com o “voto comprado” para a Presidência da Câmara e quem mandou a proposta cabeluda para o marinheiro de primeira viagem, Macau ia abaixo, literalmente.
É a velha máxima popular: “faça o que eu digo,não faça o que eu faço”