|

Governador convoca GGI e determina a entrada da polícia em Alcaçuz

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017



O governador Robinson Faria convocou o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) na Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), no início da tarde desta quinta-feira (19), e determinou a entrada das forças de segurança do Estado na Penitenciária Estadual de Alcaçuz. A operação, explicou ele, tem como objetivo a remoção dos presos, separando os membros das facções rivais para evitar um novo confronto. 

"A ação do governo está tendo reações, mas o governo não vai recuar. E é preciso reafirmar: em nenhum momento, o governo autorizou qualquer tipo de negociação, seja com o PCC ou com o Sindicato. Não negociei, não aceito, não autorizo e não admito", afirmou o governador à imprensa, após o início da operação. 

O governador ainda afirmou que será feita a construção de uma barreira física, de concreto, para manter as facções isoladas dentro da penitenciária em Nísia Floresta. Compõem a operação agentes dos batalhões de Operações Especiais (Bope) e de Choque (BPChoque), e o Grupo de Operações Especiais (GOE) da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania.