Cartão Cidadão, regionalização do Hospital e melhorias na Saúde pautaram mensagem do prefeito Tulio Lemos na Câmara Municipal

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017


Foi sob os holofotes da imprensa local e em meio a muitas expectativas da população que o prefeito Tulio Lemos compareceu ao plenário da Câmara Municipal de Macau, no início da tarde desta quinta-feira, 16, para a sessão de abertura da 20ª Legislatura. Sem entrar em detalhes, preferindo não olhar para o retrovisor, Tulio apresentou algumas irregularidades encontradas na prefeitura, falou do trabalho da gestão nos últimos 45 dias e ainda revelou metas de governo para os próximos dez meses. 
As áreas de Saúde, Educação e Assistência Social foram destaques na mensagem do prefeito, onde Tulio anunciou a criação do Cartão Cidadão com renda extra de R$ 150 reais mensal, para famílias em vulneralidade social. Na Saúde, o destaque ficou para o início das negociações e a busca de apoios para a regionalização do Hospital Antônio Ferraz; já na Educação, o prefeito anunciou como meta a melhoria do IDEB em todas as escolas do município.
Social
O Cartão Cidadão no valor de R$ 150,00 vai beneficiar inicialmente 300 famílias carentes na sede do município, nos distritos e comunidades. O objetivo do programa social é atingir mil famílias nos próximos quatro anos.
O benefício social assistirá famílias dentro dos critérios do programa, que deverá observar as orientações do Conselho Municipal de Assistência Social, levando em considerações informações do Cadastro Único e do Bolsa Família. O Cartão Cidadão visa também estimular o comércio do bairro ou da localidade em que o beneficiário resida.

Melhorias no hospital

Na mensagem, Tulio também elencou que em pouco mais 40 dias a nova gestão conseguiu otimizar o funcionamento hospitalar na unidade que serve não só ao município, mas que atende também a  população das cidades vizinhas que buscam o serviço em Macau. Quanto à parte estrutural, o prefeito prestou contadas dos serviços de manutenção dos aparelhos de ar condicionados, da rede hidráulica e elétrica.


Obstetrícia na bola da vez 

O destaque no serviço ficou para as equipes de cirurgia geral e de obstetrícia, esta última trouxe de volta a possibilidade das mães macauenses de dar à luz em Macau. O hospital dispõe hoje de médico obstetra, médico anestesista, médico auxiliar e médico cirurgião geral. O prefeito Tulio Lemos também lembrou que foi retomado o atendimento a demanda de exames laboratoriais do serviço de atenção básica, incluindo coletas domiciliares.


Mudança de verdade
Túlio também destacou a mudança de postura na gestão municipal e conclamou a união dos dois poderes, para as parcerias de trabalho e o resgate do respeito da população pela classe política local. “Nós estamos conseguindo mudar nossa querida cidade Macau. Porém, ainda há uma minoria desnutrida de credibilidade e respeito da cidade, que ainda não conseguiu deglutir a indigesta derrota que acabou com a farra que era feita para uns poucos com o dinheiro público de maneira corrupta. A farra acabou”, disse o prefeito, que esteve na Casa legislativa juntamente com secretários e assessores de governo e o vice-prefeito Rodrigo Aladim.