BLOGUEIRO SE TORNA RÉU EM MAIS UMA AÇÃO PENAL PROPOSTA PELO MINISTÉRIO PÚBLICO

segunda-feira, 6 de março de 2017



                         
 A juíza de direito da vara criminal de Macau, Dra. Cristiany Maria de Vasconcelos Batista tornou o blogueiro Irineu Cândido de Souza Junior réu em mais uma ação penal, recheando sua folha corrida que agora consta de 11 denúncias pela prática de crimes diversificados, entre eles o de formação de quadrilha e desvio de dinheiro público.
                             
Em seu despacho, a Dra. Cristiany Vasconcelos cientificou que “O Ministério Público narrou os fatos e a conduta de cada um dos réus e ainda fez acompanhar a exordial de depoimentos de testemunhas que afirmaram que trataram sobre as contratações com o denunciado Irineu Cândido, circunstância que o liga ao alegado superfaturamento, desvio de verbas e ilegalidade no procedimento de inexigibilidade de licitação” (Ação Penal nº 0101801-15.2014.8.20.0105).
                              
Segundo o Ministério Público, Irineu, juntamente com outras pessoas contratou sem licitação 15 bandas de forró para as festividades juninas do São João em 2012, com valores superfaturados. Ainda segundo o MPRN, o então servidor Irineu Cândido e um empresário oculto ficavam com parte do dinheiro que deveria ser pago às bandas e distribuíam entre os associados do crime.
                              
 Irineu responde, ainda, juntamente com outros réus Francisco Gaspar Paraíba da Silva Cabral (Chico Paraíba) e Arafan Peter a uma Ação Civil Pública movida pelo MPRN onde os réus são acusados de desrespeitar a Lei da meia entrada quando promoveram shows e eventos na cidade de Macau. (Ação Civil Pública nº 0101362-56.2014.8.20.0105)