|

Em três dias, Antônio Ferraz registra 20 procedimentos cirúrgicos, entre partos cesáreos e cirurgias eletivas

segunda-feira, 27 de março de 2017


A saúde pública em Macau tem melhorado nos últimos 80 dias e os números são quem atesta essa realidade. Somente nessa quinta-feira, 23, foram realizadas 27 consultas ambulatoriais com cirurgião geral, no Centro de Especialidades Médicas-CEM e mais 30 atendimentos com médico obstetra, enquanto que no Hospital Municipal Antônio Ferraz ocorreram três partos cesáreos e uma curetagem.
Na sexta-feira, 24, não foi diferente, no Hospital Antônio Ferraz foi registrado um bom número de atendimentos à população. Foram realizadas dez cirurgias dermatológicas e ocorreram onze atendimentos obstétricos. A equipe de cirurgias eletivas tem no comando o médico Luciano Lopes, que conta com o reforço dos médicos Wilson Morais e César Jales.
O ritmo das cirurgias continuou no sábado, 25, onde aconteceram duas cirurgias de colecistectomia (vesícula),
uma intervenção de hérnia inguinal com tela, uma cirurgia de hemorroidectomia e ainda um procedimento cirúrgico de colpoperineoplastia anterior e posterior, mais suspensão de bexiga. Também no sábado, ocorreram dois partos, sendo um cesariano e outro normal.
Nesse final de semana, o plantão em obstetrícia contou dois médicos obstetras, Pedro Lopes e Antônio Geandro. A Secretária Municipal de Saúde, Lucianny Guerra adiantou que a escala de abril em obstetrícia já está sendo fechada, de forma que os plantões continuem nos finais de semana.
Macau na frente

Para o médico-cirurgião Luciano Lopes, essas cirurgias eletivas, algumas aguardadas com muita ansiedade pelos pacientes têm resgatado cidadãos da fila de espera. “São poucas as cidades que contam com essa assistência. Na gestão de Tulio Lemos, Macau sai na frente, ao tirar seus filhos da fila do SUS e realizar o procedimento o cirúrgico em casa, perto da família, livrando do desconforto da viagem para os grandes centros médicos”, disse.