Para José Dias, reforma Trabalhista não atinge direito do trabalhador

quarta-feira, 26 de abril de 2017





 O deputado estadual José Dias (PSDB) disse durante sessão plenária na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (25), que as medidas previstas na reforma Trabalhista não atingem os direitos do trabalhador. Para o parlamentar, as ações são necessárias e podem “salvar o país”.

“Ninguém consegue provar que as reformas Trabalhistas e Previdenciárias deixarão prejuízos para os mais pobres. Elas não atingem o direito de nenhum trabalhador honesto e sim vai beneficiar a classe que não será obrigada a entregar um dia de trabalho aos donos de sindicatos”, disse José Dias.

De acordo com o parlamentar, o atual sistema trabalhista é oriundo de um governo ditatorial. “É impossível permanecermos com esse sistema. Ele é insustentável. Se alforriarmos o trabalhador vamos trazer grandes benefícios não só para eles, mas para os desempregados que já somam mais de 13 milhões no país”.

Em relação à reforma previdenciária, o deputado disse que os direitos serão garantidos e o que existe é uma modificação para o trabalhador do setor privado, no que se refere à idade. José Dias lamenta a convocação das corporações para população ir às ruas contra as reformas.

Esta semana começa a fase final dos debates das reformas Trabalhista e Previdenciária nas comissões especiais criadas para analisar o mérito das duas propostas no Governo Federal.

Na ocasião, o deputado falou sobre a recessão do país e atribuiu a crise ao Partido dos Trabalhadores.

Crédito da Foto: João Gilberto