Semarh orienta consórcios para agilizar implantação de aterros sanitários

quarta-feira, 5 de abril de 2017



O Secretário Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos hídricos, Ivan Júnior se reuniu, na manhã desta terça-feira (04), com o prefeito do município de Lagoa Nova e Presidente Consórcio de Resíduos Sólidos do Seridó, Luciano Santos, e representantes da Prefeitura de Pau doa Ferros, para tratar das demandas relacionadas à implantação do aterro sanitário que atenderá as duas regiões, Alto Oeste e Seridó.

De acordo com o secretário, uma das principais providências que precisam ser tomadas para agilizar o processo de implementação dos aterros é a desapropriação da área onde ele funcionará. “Como forma de dar suporte às prefeituras, vamos publicar o decreto de utilidade pública dos terrenos que serão desapropriados” disse Ivan.

Os recursos para a construção dos aterros da região do Alto Oeste e do Seridó já estão assegurados através de um convênio com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) no valor de R$ 22 milhões e a Semarh já elaborou os projetos executivos.  O sistema de aterro para destino final do lixo da região do Seridó será construído em Caicó e atenderá 25 municípios. Já o aterro do Alto Oeste será implementado, em Pau dos Ferros, atendendo a 44 cidades.

“Estamos avançando bastante nas medidas de cunho executivo para implantação do aterro e gerenciamento de resíduos sólidos no Seridó. Isso é fruto do empenho e do apoio que Governo do Estado, por meio da Semarh, tem nos dado durante essa trajetória” frisou o Prefeito Luciano.

A Coordenadora de Meio Ambiente e Saneamento da Semarh, Clara Câmara, acompanhada de sua equipe, e o Procurador da cidade de Lagoa Nova, Flávio Alves, também participaram da reunião.

Como encaminhamento, Ivan Júnior sugeriu outro encontro, desta vez com representantes de todas as prefeituras que compõem os dois consórcios, para repassar outras ações que podem ser executadas no intuito de otimizar as demandas junto à Funasa.