Conselho de Medicina faz fiscalizações no Oeste do Estado

quinta-feira, 11 de maio de 2017




O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte – CREMERN de início a uma agenda de fiscalizações em hospitais, maternidades e UPAS, a partir desta terça-feira (9), na região Oeste, precisamente nas cidades de Afonso Bezerra e Mossoró. O objetivo maior é dar continuidade as cobranças do Conselho por uma Saúde de qualidade no Estado e, consequentemente, melhor condição de trabalho para classe médica. A comissão deve permanecer em Mossoró até o sábado.

A fiscalização teve início no Hospital e Maternidade Dr. Teodulo Avelino, no município de Afonso Bezerra, onde foram constadas deficiências na infraestrutura, como infiltrações, a falta de medicamentos e de equipamentos essenciais para o atendimento ao público. A comissão foi recebida pelo médico Ronaldo Oliveira, o Secretário Municipal de Saúde, Francisco de Assis de Aquino e a representante da APAMI, que explicaram sobre as deficiências e o impasse que acontece para melhorar o atendimento, além da necessidade de reforma. Os representes do CREMERN também visitaram o prédio construído pela prefeitura e que ainda falta ser finalizado para atender a população.

Durante a tarde, a comissão visitou o Hospital Tarcísio Maia, em Mossoró. Recebidos pelo diretor técnico, Dr. Fernando Albuerne e o diretor geral, Dr. Jarbas Mariano, a comissão recebeu uma rápida explanação sobre as dificuldades do hospital, como a falta de leitos de UTI e a deficiência no setor de pediatria. Os conselheiros visitaram as instalações do hospital, inclusive a obra de ampliação paralisada desde 2012 e 

Através de uma ação movida pelo CRENERN na Justiça Federal para criação de novos leitos de UTI no Estado, Mossoró deve receber até o final do ano a implantação de 10 leitos de UTI no Hospital Wilson Rosado. O Governo do Estado deverá apresentar, em audiência marcada para setembro, um projeto para criação de 21 leitos de UTI para o Hospital Tarcísio Maia, além de mais 20 leitos para o Hospital da Mulher.

A comissão é forma pelo Presidente do CREMERN, Dr. Marcos Lima de Freitas, juntamente com o vice-presidente e Chefe do Departamento de Fiscalização, Dr. Francisco Braga, os Conselheiros Dra. Ana Cristina Monte, Dra. Giana da Escóssia, Dr. Marcos Jácome e Dr. Edênio Rêgo, além do assessor jurídico, Klevelando Santos, do assessor de comunicação, Gustavo Farache e das secretárias Marielli Faustino e Carmen Melo.