|

Agripino pede ao presidente do Senado prioridade para MP que reabre prazo para renegociação de dívidas de empreendimentos no Nordeste

quarta-feira, 14 de junho de 2017



Em reunião nesta quarta-feira (14) com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), o senador José Agripino (DEM-RN) pediu prioridade na reabertura do prazo para que empreendimentos rurais e urbanos do Nordeste renegociem suas dívidas. A maior preocupação do parlamentar potiguar é garantir que esses empreendimentos não fechem as portas e aumentem o índice de desemprego na região.

“No que depender do meu esforço para evitar que empresas da minha região fechem as portas, eu farei. Se a ideia é aprazar a renegociação, vamos lutar novamente para garantir emprego aos trabalhadores. Nossa economia clama por investimentos e garantias”, destaca Agripino reivindicando proteção aos empregos da região Nordeste.

Para conseguir a reabertura do prazo de renegociação dessas dívidas, a ideia inicial será a de pedir ao governo federal  a edição de uma MP sobre o assunto. Serão beneficiados as empresas que possuam o certificado do  Fundo de Investimentos do Nordeste (Finor) como os empreendimentos concluídos. 

“Essa questão da renegociação de dívidas, tanto a do pequeno produtor rural como a dos empreendimentos agrícolas, é uma batalha antiga da qual não abro mão. Infelizmente, é uma luta de anos e anos que se estende aos milímetros, em uma relação desproporcional”, disse o líder democrata. 

Agripino pediu ainda sensibilidade do governo federal com a causa. “Quem está devendo não paga não é porque não quer, mas porque as adversidades o impedem. São pessoas decentes que pedem a nossa ajuda e precisamos dar oportunidade para que elas possam recompor suas vidas e sair desse impasse”, conclui o senador em defesa do empreendedores.