26 julho, 2017

Juiz de Direito declara que iniciativa da gestão Tulio Lemos pode trazer uma revolução social para Macau











“Macau deu um passo na frente na luta pela garantia dos direitos da criança e do adolescente. Pode partir daqui o início de uma grande revolução social para cidade”, a declaração foi do juiz da Vara da Infância da Comarca de Currais Novos, Marcus Vinícius Pereira Júnior, durante a recepção da comitiva da cidade, que atendendo o chamado do prefeito Tulio Lemos foi conhecer nesta terça-feira, 25, os projetos financiados pelo Fundo da Infância e da Adolescência-FIA na cidade de Currais Novos.
Na delegação de Macau, além do prefeito Tulio Lemos e da primeira-dama e presidente do Conselho Municipal dos Direitos de Criança e do Adolescente, Andrea Lemos, estiveram presentes, secretários municipais, conselheiros tutelares, assistentes sociais, representantes do Ministério Público e de Igrejas e ainda oito dos treze vereadores.
Recepção pelo prefeito Othon Júnior
Inicialmente, a comitiva de Macau foi recebida na sede da Prefeitura de Currais Novos pelo juiz Marcus Vinícius e pelo prefeito Odon Júnior. Na ocasião, representantes de outros municípios também conheceram detalhes de projetos sociais que funcionam no município financiados com recursos do Fundo da Infância e da Adolescência-FIA.
A próxima parada foi o Casarão da Poesia, onde foi apresentado um projeto de música com crianças, depois o prefeito Tulio Lemos e comitiva visitou a Casa do Podre, onde almoçaram e conheceram o trabalho de amparo social da instituição com crianças em vulnerabilidade. A instituição é referência é uma referência em toda a região seridoense pelos serviços sociais prestados à população carente.
Casa do Pobre, um exemplo de solidariedade
“A Casa do Pobre é um exemplo de solidariedade para o Brasil e o mundo, através do incansável trabalho realizado pela Irmã Ananília, fundadora desta Casa, que há 24 anos se dedica em alimentar, educar e, acima de tudo, oferecer amor ao próximo”, disse o prefeito Tulio Lemos, que juntamente com a comitiva de Macau almoçou na instituição.
No período da tarde, o grupo conheceu o trabalho do projeto Polícia Mirim, desenvolvido em Currais Novos com a participação de 300 crianças e adolescentes. O projeto contempla o público assistido com esporte, educação e lições de cidadania, tendo como foco a formação de uma geração sadia e consciente dos seus direitos.
A importância do FIA
A visita à cidade de Currais Novos terminou já no final da tarde pela Câmara Municipal, onde a comitiva de Macau foi recebida pelo presidente do Legislativo, vereador João Neto. No plenário, algumas explicações sobre a importância da lei que institui o Fundo da Infância e da Adolescência-FIA e os benefícios da aplicação dos recursos e fiscalização para o bom desempenho das políticas públicas de proteção e garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes.