|

Políticas públicas garantem protagonismo às mulheres de Guamaré

segunda-feira, 10 de julho de 2017




O Programa de Apoio a Mulher – PAM, do Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS é uma das políticas públicas que se destaca na Assistência Social em Guamaré. O projeto faz parte das propostas de acolhida, fortalecimento de vínculos e empoderamento feminino no município.

“O PAM foi instituído através da Lei municipal nº647/2015 e possui o objetivo de concretizar o atendimento integral a mulher, visando ações articuladas e de acesso às demais políticas públicas, buscando assim o fortalecimento e valorização da mulher e sua família”, destaca Marisa Rodrigues, Secretária Municipal de Assistência Social.  

Para Marisa, o projeto cumpre o papel social acerca das situações de violações de direitos a que estas mulheres são expostas no seu convívio familiar, empregatício ou social. Na programação das atividades em grupo, a cada mês são realizados encontros.

A corresponsabilidade do público alvo do projeto, quanto a assiduidade nos atendimentos aos serviços, nos níveis de proteção básica (CRAS), média (CREAS) e alta complexidade e outros temas tem pautado esses encontros mensais, onde participam técnicos na área da assistência social e a secretária Marisa Rodrigues.

“A orientação do prefeito Hélio Willamy é que a gestão tenha primazia pelo zelo às necessidades das famílias atendidas pela Assistência Social no município, e que exige de suas Equipes Técnicas a acolhida, o respeito e a excelência nos serviços prestados”, destacou Marisa.

No encontro deste mês de julho, ocorrido na última semana, aconteceu a comemoração do “São Julhão”. Na ocasião, foi oferecido pela Assistência Social um buffet com comidas típicas da época junina. “Tivemos uma tarde produtiva, mas também de muita descontração”, concluiu Marisa Rodrigues.