29 junho, 2018

Governo inaugura acesso ao Polo Industrial de Macaíba


Após vinte anos de reivindicação, os industriais de Macaíba ganharam o acesso ao polo industrial da cidade. A inauguração foi realizada nesta quinta-feira (28) pelo Governo do Rio Grande do Norte. “Estamos realizando hoje um sonho de duas décadas. O que antes era terra e muita areia, hoje é uma estrada novinha, que vai aumentar a produtividade das indústrias e os empregos da região”, disse o governador Robinson Faria.

Desde que foi criado nos anos 1990, o Distrito Industrial de Macaíba, às margens da BR-304, não possuía acessos pavimentados. Com investimentos na ordem de R$ 1,5 milhão, a extensão de 2,2 km foi pavimentada e sinalizada a fim de proporcionar melhor tráfego e economia para a produção, bem como facilitar o acesso aos mais de 3 mil trabalhadores das empresas instaladas, conforme defendeu Sandro Peixoto, da Condimentos Sadio. “Os empresários estão felizes, o nosso pesadelo acabou. O governador nos ouviu, foi o único durante todo esse tempo a se sensibilizar e ter a iniciativa. Agora, as empresas vão poder investir mais”, ponderou o empresário ao agradecer a realização da obra.

 Presidente da Associação dos Polos Industriais do RN, Hélio Oliveira reforçou a ideia de que a conclusão da obra representa um avanço para o desenvolvimento da economia local. “Este é um momento de alegria, celebração e reconhecimento. Dentre uma série de dificuldades econômicas existentes no Governo, o governador priorizou o emprego e a renda e reconheceu a importância dessa obra não só para os empresários, como para o desenvolvimento de Macaíba”, disse ao destacar que a partir de agora a tendência é de crescimento. “Esperem que os empregos crescerão, pois esta obra se configura como uma grande motivação para nós empresários”, completou Hélio.

A pavimentação vai permitir ainda que as empresas de transporte coletivo ofereçam linhas regulares de acesso àquela região, assim como os serviços de coleta de lixo e de entrega dos Correios que antes eram inviáveis devido a falta de acessibilidade.

Atualmente o Polo Industrial conta com 30 empresas, que geram três mil empregos. Entre elas estão a Condimentos Sadio, Produtos Boku’s, DVN Vidros, e Fortcola Argamassa.